Queda de Gigantes

Ken Follett é um dos autores mais conhecidos do mundo. Suas obras são sucesso por gerações e a Dica de Literatura de hoje é a obra “Queda de Gigantes”, lançado em setembro de 2010, e primeiro livro da trilogia “O Século”. Follett é um autor nascido no País de Galles, referência em romances históricos.

Na obra, são abordados importantes temas, como 1ª e 2ª Guerra Mundial e Guerra Fria. A história se inicia antes das guerras, mostrando os motivos que a levaram a acontecer. Em Aberowen, os irmãos Billy Williams e Ethel Williams são dois jovens, o garoto tem 13 anos e a garota trabalha para uma família de aristocratas em uma mansão. Em São Petersburgo, os irmãos Gregori e Lev, dois órfãos se separam no momento em que os ideias socialistas fervem na Rússia. Já o alemão Walter Von Ulrich reencontra Lady Maud Fitzherbert e juntos lutam pelo poder de votar das mulheres.

O livro traz discussões sobre socialismo, os direitos da mulher e a política, porém o autor nunca toma um “lado”. Ele sempre aborda duas versões, utilizando seus personagens. Pode parecer que é necessário saber de história para enteder a obra, mas este é um engano. Ken traz tudo muito bem explicado e detalhado. Vale a pena a leitura.

Anúncios

Nossa Música

A escritora Dani Atkins, autora de obras famosas como Uma Curva no Tempo e A História de Nós Dois volta com mais um romance comovente, a obra “Nossa Música”, publicado em 2017, e que é a nossa Dica Literária dessa semana.

Na história, Ally e Charlotte poderiam ter sido amigas, se não fosse por um detalhe: um moço chamado David. Ally se apaixona por ele, porém ele se casa com Charlotte. Oito anos depois do último encontro, o destino reserva uma surpresa, as duas se reencontraram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Assim, elas precisarão superar o passado.

O livro traz questões importantes a serem tratadas, como a complexidade das relações entre as pessoas e a força que amores e amizades têm sob nossas vidas. Se você gosta de romance, vale a pena conferir!

O Colecionador de Memórias

“Quando se trata de lembranças, há três categorias: coisas que quero esquecer, coisas que não consigo esquecer e coisas que esqueci que havia esquecido, até me lembrar delas.”

Depois de Ps: Eu te amo e O Presente, Cecelia Ahern traz mais um romance, o livro O Colecionador de Memórias para os leitores. Nesta obra, a autora traz um assunto muitas vezes polêmico, a relação entre pai e filha, narrado na perspectiva de dois personagens, com capítulos intercalados entre eles, em primeira pessoa.

Na história, um dia Sabrina Boggs tropeça em uma coleção de bolinhas de gude que pertencia ao seu pai. Dessa maneira, ela percebe que não sabe muitas coisas sobre o homem que foi sua inspiração. Assim, ela tem 24 horas para descobrir os segredos que ele esconde. E esse dia ficará marcado para sempre.

O Colecionador de Memórias é uma jornada de redescobrimento pessoal e de autoaceitação. De reencontros, de superação e de mudanças. Não só para os personagens, mas também para os leitores.

Minha Vida (não tão) Perfeita

A autora de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloomwood” Sophia Kinsella retorna com mais um sucesso, o livro “Minha Vida (não tão) Perfeita”, lançado em 2017. Por meio de uma linguagem leve e divertida, a autora traz uma crítica social a um problema muito recorrente na modernidade: a fixação por aparentar uma vida que não condiz com a realidade nas redes sociais.

Na história, Kattie Brenner, ou Cat como prefere ser chamada, é uma mulher de 26 anos que vive em seu glamuroso flat em Londres e tem um emprego em uma glamurosa agência de publicidade. Isso segundo o seu Instagram. Mas na realidade, mora em um pequeno cubículo extremamente apertado e seu orçamento mal dá para pagar as contas. Porém Cat é demitida de seu emprego e precisa retornar às suas origens, a fazenda onde seu pai mora.

Diferente do que possa ser imagina, em nenhum momento a autora julga as pessoas que gostam de praticar extravagâncias em suas páginas. Mas ela trabalha a aceitação e a ajudar o leitor a acreditar que pode muito além daquilo que imagina.

(500) Dias Com Ela

Fora do romance tradicional, o filme (500) Dias Com Ela traz uma reflexão sobre os relacionamentos modernos, onde muitas vezes as pessoas deixam de ter empatia pelas outras, são egoístas e preferem não rotular qualquer sentimento por conta de inseguranças ou com medo de perder a própria liberdade.

A história conta sobre Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt), um homem que leva sua rotina de forma monótona e sem graça, até conhecer Summer Finn (Zooey Deschanel). Logo, ele fica encantado e se apaixona pela garota. Até que em um happy hour ele tem a chance de se aproximar dela e conhecê-la melhor. A partir deste momento, eles se tornam próximos, mas ao decorrer do filme, a intenção de um com o outro torna-se mais clara.

É possível, que ao assistir a obra, o espectador se identifique ou em determinados momentos vividos pelos atores, ou até pela história completa, do início ao fim, visto que muitos relacionamentos iniciam e se rompem da mesma maneira que a relação dos protagonistas.

Vale a pena conferir!

P.S. Eu Te Amo

O filme P.S. Eu Te Amo, Dica de Cinema de hoje, estrelado por Hilary Swank e Gerard Butler e escrito e dirigido por Richard LaGravenese, é baseado no livro da irlandesa Cecelia Ahern. O longa foi feito em memória à irmã da produtora Molly Smith, a fotógrafa Sandra Smith Rice.

Na história, Holly Kennedy é uma jovem que tem um casamento feliz com seu marido Gerry, um irlandês engraçado e apaixonado. Mas ele fica doente e morre e Holly fica sem chão. Antes de sua morte, Gerry escreveu uma série de cartas com mensagens que terminam sempre com a mesma mensagem: “P.S. Eu Te Amo” e dessa maneira, cada palavra ajuda a jovem a superar a dor e dar a volta por cima.

O filme foi lançado em 2008 nos cinemas brasileiros. Além dos atores que protagonizam, em seu elenco também estão Lisa Kudrow, Harry Connick Jr e Jeffrey Dean Morgan.

Anna e o Beijo Francês

“É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?”

O livro Anna e o Beijo Francês é o romance de estreia da autora norte-americana Stephanie Perkins. Este é o tipo de livro que vai te consumindo e quando percebe, já o leu inteiro, de tanto que a leitura flui. A obra foi lançada em 2010 e já fez fãs de todas as idades!

Anna Oliphant é uma americana que vive em Atlanta e que está querendo aproveitar seu último ano de ensino médio. Mas seu pai acaba com todos os seus planos, mandando-a para um colégio interno em Paris. Assim, ela acredita que a sua vida será um inferno. Mas chegando lá, ela conhece novas pessoas, faz novos amigos, dentre eles Étienne St. Clair, um francês engraçado e fofo. Mas ele tem uma namorada e parece gostar muito dela. Será que Anna conseguirá o tão esperado beijo francês de Étienne?

Além desse, Stephanie também escreveu os livros “Lola e o garoto da casa ao lado” e “Isla e o felizes para sempre”.