A Múmia

A nossa Dica de Cinema de hoje é o filme A Múmia, que chegou aos cinemas em junho deste ano. A obra conta com a participação dos atores Tom Cruise, Sofia Boutella, Anabelle Wallis e Russell Crowe e direção de Alex Kurtzman.

Na história, Ahmanet tem seus planos interrompidos quando vai invocar Set, o deus da morte, para que ambos unam os seus planos e assim governem o mundo. Assim, ela é mumificada e presa dentro de uma tumba. Passam-se anos e nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton e Chris Vail, saqueadores de artefatos antigos que estavam na região. Junto com a pesquisadora Jenny Halsey, eles passam a investigar a tumba e acabam libertando, sem querer, Ahmanet.

O último filme da múmia foi lançado no ano de 2008, nove anos atrás e foi intitulado de “A Múmia: Tumba do Imperador Dragão”.

 

Anúncios

Um Dia

Um Dia teve sua estreia em 19 de agosto de 2011, nos cinemas brasileiros, após o sucesso do livro que leva o mesmo título, do escritor David Nicholls. O filme tem interpretando os personagens principais a atriz Anne Hathaway e o ator Jim Sturgess.

Emma (Hathaway) e Dexter (Sturgess) se conheceram na faculdade, no dia 15 de julho. Dessa forma, no filme são mostrados os próximos 20 dias “15 de julho”, ou seja, 20 anos se seguiram. Sonhos, tristezas, decepções e sucessos são mostrados na vida de ambos, que, de alguma forma, têm sempre uma ligação.

O autor do livro também atuou como roteirista da obra. Após “Um Dia”, ele escreveu também o livro “Nós”, lançado em 2014.

It – A Coisa

Amanhã estreia nos cinemas brasileiros um dos filmes mais esperados do ano: It – A Coisa, baseado no livro do escritor Stephen King, que foi publicado no ano de 1986, e dirigido por Andy Muschietti.

A história conta sobre um grupo de sete adolescentes que moram em uma cidade, chamada Derry, localizada no Maine, que formam o grupo “Os Otários”. A cidade tem uma rotina pacata, até que crianças começam a desaparecer. Assim, os integrantes do grupo precisam deter o responsável pelos crimes, o palhaço Pennywise.

Em 1990, aconteceu a primeira adaptação da obra para o cinema. O filme foi intitulado de It – Uma Obra Prima do Medo. Futuramente, saíra a segunda parte da nova edição do filme, que já está sendo divulgada, porém não tem data certa de estreia.

Um Sonho de Liberdade

Em 1995, o filme Um Sonho de Liberdade foi lançado, com a estreia do diretor Frank Darabont. A obra conta com Tim Robbins, Morgan Freeman e Bob Gunton como parte de seu elenco. A produção cinematográfica foi baseada no livro escrito pelo renomado autor Stephen King.

A história se passa em 1946. Andy Dufresne é um jovem banqueiro bem sucedido que tem sua vida totalmente mudada quando é condenado pelo assassinato de sua esposa e do amante dele. Assim, ele é encaminhado para a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine, para cumprir prisão perpétua. Lá, ele é apresentado a Warden Norton, um agente penitenciário corrupto e cruel que usa a bíblia como arma de controle, o capitão Byron Hadley, que trata os internos como animais e o interno Ellis Boyd Redding, que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado negro do local.

O sucesso foi tanto que o filme foi indicado ao Oscar em sete categorias, dentre elas Melhor Filme, Melhor Ator para Morgan Freeman e Melhor Roteiro Adaptado. Foi indicado também ao Globo de Ouro nas categorias Melhor Ator de drama para Morgan Freeman e Melhor Roteiro.

O Terminal

O filme O Terminal, com direção de Steven Spielberg, foi lançado em setembro de 2004 e conta com a participação de Tom Hanks e Catherine Zeta-Jones em seu elenco.

A obra conta a história de Viktor Navorski (Tom Hanks), um cidadão da Europa Ocidental que vai para Nova Iorque no momento em que seu país sofre um golpe de estado, o que torna o seu passaporte inválido. Quando chega no aeroporto, ele não consegue autorização para entrar nos EUA, mas também não consegue retornar ao seu país, pois as fronteiras foram fechadas. Assim, Viktor começa a viver no aeroporto até que sua situação seja resolvida, o que não acontece tão cedo.

A trama aconteceu de verdade e o filme foi baseado na história do iraniano Merhan Nasseri, que passou por uma situação parecida no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. O refugiado teve seu visto de entrada negado por conta da sua nacionalidade e o certificado de refugiado concedido pelas Nações Unidas roubado.

(500) Dias Com Ela

Fora do romance tradicional, o filme (500) Dias Com Ela traz uma reflexão sobre os relacionamentos modernos, onde muitas vezes as pessoas deixam de ter empatia pelas outras, são egoístas e preferem não rotular qualquer sentimento por conta de inseguranças ou com medo de perder a própria liberdade.

A história conta sobre Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt), um homem que leva sua rotina de forma monótona e sem graça, até conhecer Summer Finn (Zooey Deschanel). Logo, ele fica encantado e se apaixona pela garota. Até que em um happy hour ele tem a chance de se aproximar dela e conhecê-la melhor. A partir deste momento, eles se tornam próximos, mas ao decorrer do filme, a intenção de um com o outro torna-se mais clara.

É possível, que ao assistir a obra, o espectador se identifique ou em determinados momentos vividos pelos atores, ou até pela história completa, do início ao fim, visto que muitos relacionamentos iniciam e se rompem da mesma maneira que a relação dos protagonistas.

Vale a pena conferir!

Até o Último Homem

Muito se tem falado sobre o filme Até o Último Homem. Com direção de Mel Gibson e participação dos atores Andrew Garfield, Vince Vaugh e Teresa Palmer, o filme australiano recebeu seis indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator, para Andrew Garfield.

O filme, baseado em fatos reais, traz a história de Desmond T. Doss, o médico do exército que foi designado para trabalhar na Segunda Guerra Mundial. Dessa maneira, ele prometeu que durante todos esse período, não pegaria em uma arma. Ao longo da Batalha de Okinawa, ele trabalha na ala médica e assim salva 75 vidas, sendo assim recompensado. Isso o tornou o primeiro Opositor Consciente da História norte-americana a receber a medalha de Honra do Congresso.

Para muitos críticos, este foi um retorno triunfal do diretor e ex-ator Mel Gibson. Vale a pena conferir e tirar suas próprias conclusões!