O Menino que Queria ser Rei

O Menino que Queria ser Rei

Estreou em janeiro deste ano o filme “O Menino que Queria ser Rei”, nossa Dica de Cinema para toda a família aproveitar o feriado. Se você gosta de filmes do gênero fantasia, esta obra é ideal para você!

Na história, Alex (Louis Serkies) enfrenta problemas no colégio por defender o amigo Bedders dos valentões Lance (Tom Taylor) e Kaye (Rhianna Dorris). Até que um dia ele se esconde em um canteiro de obras, durante uma perseguição. Nesse local, ele encontra uma espada em uma pedra e ele a retira com facilidade. O que ele não sabia é que era a lendária Excalibur e a partir de agora precisa agora enfrentar a meia-irmã do rei Arthur, Morgana (Rebecca Ferguson).

Este é um filme lúdico, dirigido por Joe Cornish e produzido lindamente de uma maneira lúdica. O diretor consegue trazer a história do Rei Arthur de forma que as crianças se divirtam e entendam. Vale super a pena!

Anúncios

Felicidade Clandestina

A Dica Literária desta semana é a obra Felicidade Clandestina, da renomada autora Clarice Lispector. A obra foi lançada em 1998 e reúne 25 contos da brasileira, falecida em 1977. Por meio de obras muito bem elaboradas, Clarice propõe que o leitor discuta sobre temas como a existência humana, amadurecimento e família, a partir de pequenas coisas, como um ovo.

Dentre os contos apresentados, o conto homônimo ao título do livro apresenta uma garota que é apaixonada por literatura, mas que se vê humilhada por parte da filha do livreiro, que lhe prometeu emprestar um livro do autor Machado de Assis. Sabendo que a garota está muito interessada no livro, a filha do livreiro inicia um método de tortura chamado “tortura chinesa” e a partir daí Lispector propõe a reflexão.

Clarice Lispector, oficialmente chamada por Chaya Pinkhasovna Lispector, foi escritora e jornalista de origem ucraniana e naturalizada brasileira. Ela é considerada uma das escritoras mais influentes do século XX.

Os Vingadores Ultimato

No próximo dia 25, estreia um dos filmes mais esperados do momento: Os Vingadores Ultimato. A correria para comprar os ingressos para a estreia foi grande. Os cinemas estão cheios e a ansiedade a mil, após o final surpreendente de Os Vingadores: Guerra Infinita.

No filme, após o vilão Thanos acabar com metade das criaturas vivas, os heróis que compõem os vingadores precisam superar a perda de amigos e de seus familiares. Dessa maneira, Tony Stark (Robert Downey Jr.), Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanov (Scarlett Johansson) precisam destruir Thanos e resgatar a nação destruida.

A obra, dirigida pelos irmãos Anthony e Joe Russo, traz o retorno de Chris Hemsworth (Thor), Chris Evans (Capitão América), Mark Ruffalo (Hulk), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Paul Rudd (Homem-Formiga), Brie Larson (Capitã Marvel), Karen Gillan (Nebulosa) e Danai Gurira (Okoye). Estamos todos muito ansiosos pela estreia!

Canção de Ninar

Lançado em 2018, Canção de Ninar, da autora Leila Slimani, é a nossa Dica de Literatura de hoje. Este Thriller Psicológico promete prender o leitor do começo ao fim. O livro já começa de uma maneira bem diferente: a primeira linha já conta o final da história.

No livro, Myriam e Paul formam um casal jovem, com dois filhos: Adam e Mila. Após uma discussão, eles resolvem contratar uma babá para ajudar com as crianças. Assim, eles encontram Louise, uma senhora de quase 50 anos, com muita disposição. Logo, a babá se mostra muito eficiente em todos os afazeres da casa e cuidando das crianças. Porém, aos poucos, o casal nota algumas atitudes suspeitas. Louise, com medo de perder o emprego, desenvolve uma obsessão pelo casal e pelos filhos.

Além de um livro de mistério, a autora propõe com sua história discussões sobre temas como preconceito de classe, racismo, imigração e a exploração por parte da classe média. Se você se interessa, vale a pena a leitura!

Djavan no Credicard Hall

Nos dias 12 e 13 de abril, o renomado cantor Djavan apresentará a turnê nacional “Vesúvio” no Credicard Hall, em São Paulo. Este é o vigésimo quarto álbum da carreira do cantor, que trará tantos sucessos do novo cd, quanto os clássicos “Se”, “Flor do Medo”, “Eu te devoro”, “Samurai”, entre outros.

Os ingressos estão sendo vendidos na bilheteria da casa (sem taxa de conveniência) ou pelo site da Tickets For Fun. Os preços variam entre R$ 50,00 e R$ 320,00.

O quê? Turnê Vesúvio – Djavan
Quando? 12 e 13 de abril
Onde? Credicard Hall – SP
Quanto? 50 a 320 reais

Vidro

Em janeiro deste ano, foi lançado o filme Vidro, a terceira e última continuação da trilogia escrita e dirigida por M. Night Shyamalan, antecedida por Corpo Fechado (2000) e Fragmentado (2017). Além do ator James McAvoy, os atores Bruce Willis e Samuel L. Jackson fazem parte da sequência.

Neste filme, as pontas entre Corpo Fechado e Fragmentado são unidas. Kevin Crumb (James McAvoy) continua vivendo suas loucuras e fazendo novas vítimas, porém o justiceiro David Dunn (Bruce Willis) começa a persegui-lo. Essa caçada é intensificada quando Elijah Price (Samuel L. Jackson) começa a manipular a situação. Esta ´é uma verdadeira briga de gato e rato, com um final surpreendente!

Com a união dos três filmes, é possível ver a evolução do diretor. Mais curioso e mais intrigante do que os filmes anteriores, Vidro veio para selar um verdadeiro legado. Com certeza estes personagens ficarão marcados na memória do público.

Semente de Bruxa

A Dica de Literatura de hoje é o livro Semente de Bruxa, da autora canadense Margaret Atwood, autora do famoso livro “O conto de Aia”, que originou a série com o mesmo nome. Por conta de sua fama, a Semente de Bruxa, lançado em 2018, deixou o público com uma grande expectativa. E mais uma vez Atwood foi além do esperado.

No livro, o público acompanha a história de Felix, um diretor de teatro que é passado para trás e depois de 12 anos consegue se vingar. Enquanto planeja a vingança, ele tem de aprender a lidar com seus problemas, como a morte de sua filhinha. A obra é uma releitura do livro “A Tempestade de Shakespeare”, sob a visão de Felix.

Para aqueles que não conhecem a obra de Shakespeare, no final do livro, há um resumo. Mas para um melhor aproveitamento, recomendá-se ler A Tempestade de Shakespeare na íntegra, até para pegar as referências.

Boa leitura!