Batman 80 – A exposição

A exposição Batman 80 tem licença da Warner Bros. e da DC Comics, integrando a programação mundial dos 80 anos do Batman.

Numa experiência totalmente imersiva, o visitante vai atravessar as portas da Mansão Wayne, conhecer a Batcaverna e visitar o Asilo Arkham, o apartamento da Mulher-Gato e o covil do Coringa. Com isso, é possível viver a experiência de estar em Gotham City.

Além disso, a exposição reúne cenografia, acervo com quadrinhos e outros itens raros. E textos explicativos contam a evolução e a importância de um dos personagens mais famosos do mundo.

O quê?
Batman 80 – A exposição

Onde?
Memorial da América Latina – Espaço Multiuso – Portões 8, 9 e 13.
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – São Paulo-SP – CEP 01156-001 – Estação Barra Funda do Metrô.

Quando?
De 5 de setembro a 15 de dezembro de 2019.

Horários?
Terça a sexta: das 12h às 21h.
Sábados, domingos e feriados: das 10h às 21h.

Quanto?
Terça a sexta: R$ 35,00 inteira e R$ 17,50 meia.
Sábados, domingos e feriados: R$ 45,00 inteira e R$ 22,50 meia.
Entrada gratuita para crianças até 4 anos.
Meia-entrada para crianças de 4 até 12 anos com documentos.

Mais informações: https://batman80expo.com.br/

Anúncios

Coringa

Coringa estreou no dia 3 de outubro. E em seu primeiro fim de semana em cartaz, o filme já levou 1,6 milhão de espectadores brasileiros ao cinema, de acordo com dados da Comscore.

Inspirado nos quadrinhos da DC Comics, o longa traz Joaquin Phoenix protagonizando o filme e interpretando Arthur Fleck, um homem que trabalha como palhaço para uma agência de talentos e mora na violenta Gotham City. Por conta de seus conhecidos problemas mentais, ele precisa encontrar com uma agente social toda semana, porém seu transtorno mental começa a se agravar. Ao ser demitido, Fleck não reage bem à gozação de três homens dentro do metrô e os mata. Esses assassinatos dão impulso a um movimento popular contra a elite de Gotham, onde Thomas Wayne, interpretado por Brett Cullen, é um ícone.

O diretor Todd Phillips (Se Beber, Não Case!) apresenta Arthur Fleck e mostra como esse personagem se transforma num criminoso, até o momento em que ele assume a identidade de Coringa. No longa, a maior ironia é que o próprio Coringa influenciou, por meio de suas ações, diretamente a criação do Batman, seu maior inimigo.

Mulheres Que Correm Com os Lobos – Clarissa Pinkola Estés

A autora Clarissa Pinkola Estés acredita que em nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas como os lobos dos contos de fada, que foram envoltos por uma nuvem negra e assustam meninas indefesas.

Para descobrir a chave da sensação de impotência da mulher moderna, Estés investiga o esmagamento da natureza instintiva feminina. São abordados 19 mitos, lendas e contos de fada para mostrar como a natureza instintiva da mulher foi domada ao longo do tempo, de modo que todas as que se rebelassem fossem punidas.

De acordo com a autora, assim como as florestas e os animais silvestres, os instintos foram destruídos e os ciclos naturais femininos foram convertidos à força em ritmos artificiais para agradar a sociedade. Porém, sua energia vital pode ser restaurada. Dessa forma, a corajosa loba que vive em cada mulher surgirá das densas camadas de condicionamento cultural.

O livro é um clássico dos estudos sobre o sagrado feminino e o feminismo!

Praias do Caribe? Que nada! Vem curtir as melhores praias brasileiras!

Praias lindas, areia branca, clima tropical, mar cristalino e intensa atividade marinha. Pensou Caribe? Errou! O Brasil oferece aos amantes do mar e praia mais de 7 mil quilômetos de águas limpas e calmas, esperando só um tempinho livre na sua agenda para te receber.

Rio de Janeiro, Maceió, Porto Seguro, Fernando de Noronha, Balneário Camboriú são alguns dos clássicos destinos litorâneos do Brasil. Esse destaque todo não é à toa, pois cada um desses lugares oferecem paisagens únicas e experiências inesquecíveis para seus visitantes. Nesta edição, falaremos mais sobre aqueles destinos escondidinhos, mas deslumbrantes e sensacionais, ideais para deliciosos dias de tranquilidade e descanso.

A região Nordeste abrange a maior parte do litoral brasileiro. Por lá, pode-se encontrar lindas praias paradisíacas, uma delas no estado do Alagoas, a Praia do Gunga, localizada na cidade de Roteiro (muito sugestivo este nome, não?), e a poucos quilômetros da capital Maceió. A dica é conhecer as falésias e chegar até lá de buggy. Alguns blogs e sites especializados indicam a chegada à praia do Gunga de lancha, saindo da Barra de São Miguel, e a observação dos conjuntos de corais, uma experiência surreal.

Na região Sudeste do Brasil, também há lindos pedacinhos de natureza e praias quase desertas para você curtir. No estado do Espírito Santo, a dica é conhecer a pequenina e escondida praia do Bananal. Cercada pelo lindo mar azul e areias douradas, esse pedacinho de praia é garantia de tranquilidade e descanso e está localizada em Vila Velha, aos pés do Morro do Moreno.

A região Sul do país, tipicamente conhecida pelas suas baixas temperaturas, não deixa a desejar em belezas naturais e praias lindas ao longo da costa litorânea. A cidade de Bombinhas, no estado de Santa Catarina, é famosa e muito frequentada por turistas na temporada de verão. Para fugir da badalação e poder curtir lindos dias de paz e praia tranquila, a dica é se aventurar e conhecer a Praia da Tainha. Por lá, encontra-se mar calmo esverdeado de água limpinha. A praia é cercada pela mata atlântica e é possível alugar caiaques e pranchas de stand up paddle. As formações rochosas são um show à parte, o local também conta com a presença dos golfinhos com bastante frequência na região, deixando o passeio ainda mais especial.

Crédito da foto: Mathieu Bertrand Struck

O Fantasma da Ópera

O musical O Fantasma da Ópera é a produção há mais tempo em cartaz na Broadway. Já passou por 160 cidades e 35 países; para isso, foi traduzido para 15 idiomas até hoje.

O Fantasma da Ópera conta a história do Fantasma misterioso que assombra a Ópera de Paris. Apaixonado pela cantora Christine Daaé, nada poderá detê-lo em seu ambicioso plano de transformá-la na fabulosa prima-dona do “seu” teatro. Nem mesmo Raoul, o grande amor de Christine, pode evitar que isso aconteça.

É um espetáculo e tanto para os amantes de musicais!

Confira mais informações: https://ofantasmadaopera.com.br/

Animais Fantásticos e Onde Habitam

Animais Fantásticos e Onde Habitam chega à Netflix em outubro, mais especificamente no dia 4. O filme é famoso no universo dos fãs de Harry Potter e traz a escritora J. K. Rowling em sua estreia como roteirista, adaptando o roteiro de seu livro homônimo.

Lançado em 2016, o filme da Warner Bros. se passa em Nova York, em 1926, bem antes dos acontecimentos de Harry Potter. Eddie Redmayne protagoniza o filme, interpretando um magizoologista chamado Newt Scamander, que viaja para a cidade norte-americana e descobre uma seita que ameaça toda a comunidade bruxa. A partir disso, ele busca unir forças para impedir o perigo que está chegando.

Primeiro de uma série de cinco filmes, o longa teve uma continuação em 2018: Os Crimes de Gindewald. E o terceiro filme da franquia, que deve se passar no Brasil, está sendo desenvolvido com previsão de estreia para 2021.

Imperdível!

 

Fahrenheit 451

O livro Fahrenheit 451 foi escrito em 1953, logo após o término da Segunda Guerra Mundial. Seu autor, Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um discurso que condena não apenas a opressão anti-intelectual nazista, mas especialmente o cenário dos anos 1950, mostrando seu receio em relação a numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra.

Fahrenheit 451 conquista o leitor por ter uma narrativa atual, objeto de estudos e reflexões frequentes. Bradubury faz a descrição de um governo totalitário, em um futuro indefinido, porém próximo, em que existe forte censura a qualquer livro ou tipo de leitura, antecipando que as pessoas possam se instruir e se rebelar. Há um forte controle e as pessoas somente ficam sabendo das notícias por aparelhos de TVs, instalados em suas próprias casas ou em praças ao ar livre. Em 1966, Fahrenheit 451 alterou sua condição de clássico da literatura para também se tornar clássico do cinema: o diretor François Truffaut elaborou uma adaptação do livro e lançou o filme homônimo.

Ao ser comparada a outras distopias, como 1984, de George Orwell, por exemplo, Fahrenheit 451 é realmente singular, pois mostra uma forma muito mais sutil de totalitarismo, que não se liga somente aos regimes que se estabeleceram na Europa na metade do século 20.

Um clássico que vale muito a leitura!