Semente de Bruxa

A Dica de Literatura de hoje é o livro Semente de Bruxa, da autora canadense Margaret Atwood, autora do famoso livro “O conto de Aia”, que originou a série com o mesmo nome. Por conta de sua fama, a Semente de Bruxa, lançado em 2018, deixou o público com uma grande expectativa. E mais uma vez Atwood foi além do esperado.

No livro, o público acompanha a história de Felix, um diretor de teatro que é passado para trás e depois de 12 anos consegue se vingar. Enquanto planeja a vingança, ele tem de aprender a lidar com seus problemas, como a morte de sua filhinha. A obra é uma releitura do livro “A Tempestade de Shakespeare”, sob a visão de Felix.

Para aqueles que não conhecem a obra de Shakespeare, no final do livro, há um resumo. Mas para um melhor aproveitamento, recomendá-se ler A Tempestade de Shakespeare na íntegra, até para pegar as referências.

Boa leitura!

Anúncios

O Dilema do Porco Espinho

Leandro Karnal é um dos maiores intelectuais brasileiros e no livro “O Dilema do Porco Espinho”, lançado em 2018, o autor discute um tema cada vez mais presente no mundo contemporâneo: a solidão.

Na obra, a partir de referências de filósofos, da Bíblia, da história e de romances, Karnal traz uma reflexão sobre o tema. Ele traz a perspectiva da solidão na literatura, no cinema, na música e na religião. Em uma sociedade cada vez mais “liquida”, o autor analisa como a solidão se revela no mundo virtual e os impactos do isolamento.

Karnal escreveu este livro como um ensaio pessoal, visto que ele sempre esteve acompanhado da solidão. Nesta obra, ele convida o leitor a acompanhar seus pensamentos e deixar a solidão de lado.

Podres de Ricos

No dia 25 de outubro estreou o filme Podres de Ricos nos cinemas brasileiros. Baseado no livro homônimo de Kevin Kwan, o romance é parte de uma trilogia. Para a felicidade dos leitores e dos espectadores, o segundo livro da série, que leva o título de “China Rich Girlfriend”, já recebeu a confirmação de que será adaptado para os cinemas como a sequência de Podres de Ricos.

No filme, Rachel Chu (Constance Wu) é uma professora de economia que mora nos Estados Unidos e namora Nick Young (Henry Golding). Assim, Nick convida Rachel para ir ao casamento de seu melhor amigo, em Singapura. Porém, ele esquece de avisar a namorada que é um dos solteiros mais cobiçados do país por ser herdeiro de uma das maiores fortunas.

A obra é uma verdadeira revelação no mundo cinematográfico, visto que todo o elenco é composto por atores de ascendência asiática. Este filme mostra uma quebra de padrões em Hollywood, visto que desde 1993 não produzia-se um filme com o elenco de origem asiática.

Um de Nós está Mentindo

A Dica Literária de hoje é o livro “Um de Nós está Mentindo”, da autora Karen M. McManus, lançado neste ano. A obra traz um pouco de romance, mistérios, segredos e muitas intrigas. Além disso, com certeza vai despertar o lado detetive do leitor e fazê-lo ansiar pelo desfecho dessa história.

Na história, o leitor conhece jovens do ensino médio: Bronwyn, vista como gênia; Addy, a bela; Nate, o delinquente; Cooper, o atleta e Simon, o pária que em uma tarde de segunda-feira se encontram na sala de detenção por utilizarem celulares na sala de aula. Porém, apenas 4 saem de lá com vida e esses quatro são os principais suspeitos da morte de Simon, o dono do maior site de fofocas do colégio. A dúvida é: será que todos têm o mesmo peso de culpa ou alguém é o mais culpado?

Para aqueles que gostam de séries como Gossip Girl ou Pretty Little Liars, este livro é uma leitura obrigatória com toda certeza!

O que o Sol faz com as Flores

Este ano, a autora Rupi Kaur, que vendeu mais de 100 mil exemplares no Brasil com o livro “Outros Jeitos de Usar a Boca” retornou com sua nova obra, o livro “O que o Sol faz com as Flores”. Esta não é apenas um conjunto de poemas, mas também um ato de resistência de uma mulher.

Neste livro, a autora trata sobre o crescimento e a cura, a ancestralidade e honrar suas raízes, expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você. São 5 capítulos associados a vida de uma flor: murchar, cair, enraizar, crescer e florescer, que tem muito a nos ensinar. Todas as ilustrações da obra também foram feitas pela autora.

“O Universo não economizou em você

te esculpiou e ofertou ao mundo

algo diferente de todas as pessoas

quando você duvida

de como foi criado

você duvida de uma energia maior do que nós dois

– Insubstituível” (página 197)

MASP

Em 1947, o empresário Assis Chateaubriand fundou o primeiro museu moderno do país, conhecido como Museu de Arte de São Paulo, o MASP. Este é o mais importante acervo de arte europeia do Hemisfério Sul, com mais de 10 mil obras, como pinturas, esculturas, objetos, fotografias, vídeos e vestuários de períodos diversos e diferentes lugares, como Europa, Ásia, África e América.

Além da mostra de longa duração, o museu traz durante o ano, uma programação de exposições temáticas. Em 2017, tivemos “A História da Sexualidade”, em 2018 está acontecendo “Histórias Afro-atlânticas” e em 2019 será “As histórias feministas/histórias das mulheres”.

O MASP é parada obrigatória para turistas e moradores de São Paulo. Localizado na avenida mais importante da cidade, a avenida Paulista, o local é também um importante ponto de encontro de muitos jovens e famílias.

Exposição Histórias Afro-atlânticas

Está em cartaz no MASP a Exposição Histórias Afro-atlânticas até o dia 21 de outubro. São 450 trabalhos de 214 artistas, do século 16 ao século 21. O Brasil recebeu aproximadamente cerca de 46% dos 11 milhões de africanos que desembarcaram neste lado do atlântico durante 300 anos e este acontecimento, associado ao fato de que este foi o último país a abolir a escravidão mercantil transformaram o Brasil em um país com fortes culturas africanas e é este o objetivo da exposição, mostrar a trajetória afro-atlântica para que o visitantes conheçam mais dessa cultura tão fascinante.

Endereço do MASP:

Av. Paulista, 1578 – São Paulo – SP

Horários:

Ter-dom: 10h às 18h (bilheteria aberta até 17h30)
Qui: 10h-20h (bilheteria aberta até 19h30)
Seg: fechado

Oito Mulheres e um Segredo

Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway, Mindy Kaling, Awkwafina, Sarah Paulson, Rihanna e Helena Bonham Carter reunidas em um filme, o resultado só poderia ser maravilhoso. E é este o elenco da obra Oito Mulheres e um Segredo, lançado em junho deste ano, com direção de Gary Ross.

Na história, Debbie Ocean (Bullock) sai da prisão e procura sua ex-parceira Lou (Blanchett) para realizar um assalto elaborado: roubar um colar de diamantes no valor de US$ 150 milhões, que a Cartier mantém guardado sob um rígido sistema de segurança. O plano é convencê-los a emprestar para a atriz Daphne Kluger (Hathaway) usar no Met Gala, um dos bailes mais famosos, badalados e chiques de Nova York. Mas para que o plano dê certo, elas reúnem um time só de mulheres.

Este filme é um Spin-off da trilogia clássica Onze Homens e um Segredo, que tem como diretor Steven Soderbergh e como protagonista George Clooney. As oito atrizes principais do elenco somam quatro Oscars, dois Emmys, oito Grammys, seis Golden Globes, cinco BAFTAs e 10 SAGs.