Carrie, a Estranha

Que Stephen King é o rei do terror e do suspense, não é segredo para ninguém. Mas a origem de todo esse talento, é a obra “Carrie, a Estranha”, primeiro livro do autor, lançado em 1974. Aqui, ele já demonstrava que veio para ficar e se consolidar.

Na história, Carrie é uma garota de 16 anos, infeliz, que mora com a sua mãe abusiva e fanática religiosa que a priva de fazer as coisas que jovens de sua idade gostam. Na escola, a garota é sempre alvo de outros alunos e motivo de risos. Diariamente, ela alimenta ódio dentro de si. Só que existe algo sobre ela que ninguém sabe: ela possui poderes sobrenaturais e ela irá utilizá-los para se vingar.

A obra ganhou uma adaptação para o cinema no ano de 2013, que teve como protagonista a atriz Chloe Grace Moretz. Anteriormente, outras duas adaptações também tinham sido gravadas, uma para os cinemas em 1976 e outra para a TV americana em 2002.

Anúncios

It – A Coisa

Amanhã estreia nos cinemas brasileiros um dos filmes mais esperados do ano: It – A Coisa, baseado no livro do escritor Stephen King, que foi publicado no ano de 1986, e dirigido por Andy Muschietti.

A história conta sobre um grupo de sete adolescentes que moram em uma cidade, chamada Derry, localizada no Maine, que formam o grupo “Os Otários”. A cidade tem uma rotina pacata, até que crianças começam a desaparecer. Assim, os integrantes do grupo precisam deter o responsável pelos crimes, o palhaço Pennywise.

Em 1990, aconteceu a primeira adaptação da obra para o cinema. O filme foi intitulado de It – Uma Obra Prima do Medo. Futuramente, saíra a segunda parte da nova edição do filme, que já está sendo divulgada, porém não tem data certa de estreia.

Um Sonho de Liberdade

Em 1995, o filme Um Sonho de Liberdade foi lançado, com a estreia do diretor Frank Darabont. A obra conta com Tim Robbins, Morgan Freeman e Bob Gunton como parte de seu elenco. A produção cinematográfica foi baseada no livro escrito pelo renomado autor Stephen King.

A história se passa em 1946. Andy Dufresne é um jovem banqueiro bem sucedido que tem sua vida totalmente mudada quando é condenado pelo assassinato de sua esposa e do amante dele. Assim, ele é encaminhado para a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine, para cumprir prisão perpétua. Lá, ele é apresentado a Warden Norton, um agente penitenciário corrupto e cruel que usa a bíblia como arma de controle, o capitão Byron Hadley, que trata os internos como animais e o interno Ellis Boyd Redding, que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado negro do local.

O sucesso foi tanto que o filme foi indicado ao Oscar em sete categorias, dentre elas Melhor Filme, Melhor Ator para Morgan Freeman e Melhor Roteiro Adaptado. Foi indicado também ao Globo de Ouro nas categorias Melhor Ator de drama para Morgan Freeman e Melhor Roteiro.

O Cemitério

“Provavelmente é um erro acreditar que exista um limite para o horror que a mente humana pode suportar. Parece, ao contrário, que certos mecanismos exponenciais começam a prevalecer à medida que o infortúnio se torna mais profundo”.

O livro O Cemitério, é de autoria do autor americano Stephen King, reconhecido como um dos mais importantes autores de contos de horror de sua geração. Ele já publicou diversos títulos que fazem sucesso entre pessoas de todas as idades.

A obra traz uma família – o pai Louis Creed, a mãe Rachel, a filha Ellie e o bebê Gage – que se muda para Chicago e passa a viver próxima a Rota 15, o que causa medo nos pais das crianças serem atropeladas. Até que um dia o gato da família é atropelado. Ele então é enterrado em um cemitério próximo a casa da família, onde antigamente, índios da tribo Micmac eram enterrados. Após uns dias, o gato volta para casa bem e a família fica sem entender o que aconteceu. A partir deste momento, coisas estranhas começam a acontecer na vida deles.

O Cemitério ficou conhecido como “tão assustador que não deveria ser publicado”, como disse o próprio Stephen King, e baseado nessa afirmação, foi elaborada uma campanha de marketing para o lançamento do livro. O livro foi baseado em uma história real vivida pelo próprio autor. Depois do gato da família ter sido atropelado, crianças do bairro cuidaram do cemitério em que ele estava enterrado e assim o autor teve sua inspiração.