Não se Aceitam Devoluções

No dia 31 de maio, estreia mais um filme brasileiro que tem como protagonista o comediante Leandro Hassum. O filme, que tem direção de André Moraes, ainda traz em seu elenco Laura Moraes, Zéu Britto, entre outros.

Na história, Juca Valente (Leandro Hassum) é o dono de um quiosque localizado no litoral de São Paulo e não está muito interessado em grandes responsabilidades. Pelo contrário, ele gosta mesmo é de diversão. Até que um dia, uma ex-namorada americana aparece com um bebê dizendo que a criança é filha dele e desaparece. Ele segue para os Estados Unidos para procurar a mãe da criança e devolvê-la, mas nessa jornada, ele pode acabar descobrindo que ser pai pode ser uma tarefa que ele goste.

Este filme é uma adaptação de um longa mexicano, chamado “Não Aceitamos Devoluções”, do diretor Eugenio Derbez.

Anúncios

Os Farofeiros

Neste mês, estreou nos cinemas brasileiros o filme “Os Farofeiros”, com direção de Roberto Mantucci, também diretor de clássicos como Até que a Sorte nos Separe, De Pernas para o Ar e Um Suburbano Sortudo. A obra conta com a participação de Antônio Fragoso, Maurício Manfrini, Cacau Protássio, Danielle Winits, Charles Paraventi, Aline Riscado, entre outros, em seu elenco.

No filme, quatro amigos de trabalho, junto com suas famílias, se reúnem para aproveitar um feriado prolongado em uma casa de praia, que era para estar localizada em Búzios, mas, na verdade, está localizada em Maringuaba. Chegando lá, eles percebem que a casa alugada está caindo aos pedaços, a praia deserta não é tão deserta assim, os preços são exorbitantes, entre tantas outras situações que prometem boas risadas.

Roberto Santucci é o diretor que possui maior bilheteria acumulada desde que os filmes nacionais retornaram aos cinemas, com mais de 25 milhões de ingressos nos últimos cinco anos.

Era uma Vez

No dia 25 de julho de 2008 lançou um dos melhores filmes brasileiros já feitos: Era uma Vez, com direção de Breno Silveira, diretor também do filme 2 Filhos de Francisco, lançado em 2005. A ideia do filme surgiu em 1987, quando Breno trabalhou como câmera no documentário Santa Marta-Duas Semanas no Morro.

Neste drama, Dé (Thiago Martins) mora na favela do Cantagalo, em Ipanema, Rio de Janeiro. Ele viu seu irmão Beto ser assassinado por um traficante e seu outro irmão, Carlão, ser expulso da favela por outros traficantes. Dé decide não seguir pelo mundo do crime e trabalha vendendo cachorro-quente em um quiosque na praia. Esse é o local onde ele observa Nina (Vitória Frate), filha única de uma família rica que mora na avenida em frente à praia.

A obra atraiu muitos espectadores por relatar com bastante precisão a realidade de muitas pessoas e para mostrar que o preconceito social ainda é algo muito forte culturalmente e que precisa ser combatido.

Sonhos Roubados

Sonhos Roubados é um filme brasileiro com direção de Sandra Werneck e atuação das atrizes Nanda Costa, Kika Farias, Amanda Diniz, Marieta Severo, e dos atores Daniel Dantas, Nelson Xavier e Ângelo Antônio. O filme foi vencedor nas categorias de melhor filme – Júri Popular e melhor atriz para Nanda Costa no Festival do Rio e Prêmio Especial do Júri e melhor atriz para Nanda Costa no Festival de Cinema Brasileiro de Miami.

A obra conta a história de três adolescentes que vivem em uma comunidade carioca. Jéssica (Nanda), Sabrina (Kika) e Daiane (Amanda) veem na eventual prostituição o caminho para conseguirem dinheiro e satisfazerem seus desejos de consumo. E mesmo em meio a tudo isso, elas conseguem sonhar.

O filme tem como base o livro “As Meninas da Esquina – Diário dos Sonhos, Dores e Aventuras de Seis Adolescentes no Brasil”, da autora Eliane Trindade.