Lollapalooza e Tomorrowland

A dica deste final de semana é garantir seu ingresso para os maiores festivais de música do mundo. Lollapalooza e Tomorrowland chegam ao Brasil neste primeiro semestre com shows de diversos artistas e bandas renomadas. Apesar de terem poucos anos de tradição no Brasil, ambos já se consagraram como uns dos eventos mais esperados do ano.

Lollapalooza acontece 28 e 29 de março no Autódromo de Interlagos. Jack White, Pharrell Williams, Calvin Harris, Robert Plant, Foster The People e Bastille são algumas das atrações principais do evento. Com um grande número de artistas em sua line up, o Lolla é famoso por ter popularizado grandes artistas como Metallica, Red Hot Chili Peppers, Foo Fighters, The Killers, Green Day, entre outros.

Para os fãs de música eletrônica, Tomorrowland é imperdível. Em sua primeira edição brasileira, cerca de 150 atrações musicais se dividirão em 6 palcos nos três dias de evento. Originário da Bélgica, Tomorrowland é conhecido pela sua decoração mágica, inspirada em contos de fada e simbolismos da New Age.

  • Festival: Lollapalooza
  • Data: 28 e 29 de março
  • Endereço: Autódromo de Interlagos – Avenida Senador Teotônio Vilela, 261
  • Ingressos: http://www.lollapaloozabr.com
  • Festival: Tomorrowland
  • Data: 1 a 3 de maio
  • Endereço: Parque Maeda – Rodovia SP 75, km 18, Itu-SP
  • Ingressos: http://www.tomorrowlandbrasil.com
Anúncios

Olga (2004)

Inspirado na biografia escrita por Fernando Morais, o filme Olga, muitas paixões numa vida só conta a história de Olga Benario, militante alemã que viaja ao Brasil com a missão de proteger Luís Carlos Prestes, líder da ANL (Aliança Nacional Libertadora), movimento de oposição ao Governo Vergas em 1935.

O primeiro longa-metragem de Jayme Monjardim foi um sucesso instantâneo. Foram vendidos mais de 3 milhões de ingressos e 3 títulos foram conquistados no Grande Prêmio Brasileiro de Cinema. Camila Morgado, Caco Ciocler e a premiada Fernanda Montenegro foram alguns dos escolhidos a fazer parte do elenco que emocionou o país, e fez com que Olga Benario fosse lembrada como uma mulher forte e apaixonante.

“Eu ainda não sei o que eu quero ser, mas sei muito bem o que eu não quero” – Olga Benario

No entanto, a versão brasileira da vida de Olga não agradou grande parte da crítica alemã; jornalistas e críticos da arte a acharam excessivamente dramática, com muitos vícios típicos de uma telenovela. Apesar da impressão negativa internacional, a superprodução brasileira não deixa de expor seu conceito histórico e político de forma brilhante: ela retrata com bastante realismo as atrocidades da ditadura getulista, assim como o idealismo daqueles que cegamente lutam por um futuro igualitário.

“Lutei pelo justo, pelo bom e pelo melhor do mundo” – Olga Benario

E na beleza de Campos do Jordão…

Fazia 10 anos que a associada Terezinha Vicente não visitava o Satélite de Campos do Jordão. Ao chegar lá, se encantou tanto com as flores, os animais, o clima tranquilizante, e toda a infraestrutura que a unidade oferece ao associado, que resolveu registrar suas emoções em fotos.

Com as fotos, Terezinha publicou um pequeno texto que replicamos, na íntegra:

“Das delicadas belezas ao conforto imponente, tudo é bonito no Satélite Campos do Jordão. Basta ter olhos para ver, em cada canto, a natureza rica em montanhas,flores e árvores (e até esquilos)… Mimoso e grandioso se combinam numa paisagem bem cuidada, externa e internamente, um clima adorável, uma comida maravilhosa. O Satélite Campos do Jordão não é só para a temporada de frio, passar uns dias lá é bom também agora!!”

O Grande Gatsby (1925)

Leitura obrigatória para os amantes da literatura americana, O Grande Gatsby (“The Great Gatsby”), de F. Scott Fitzgerald, foi um fracasso de vendas quando publicado. Anos após a morte do autor em 1940, a obra se popularizou rapidamente: foi adaptado para peças da Broadway, filmes hollywoodianos e se tornou parte do currículo escolar dos colégios de todo o país.

A história é narrada por Nick Carraway, que se tornou vizinho do misterioso Jay Gatsby, um milionário famoso pelas suas festas extravagantes. Ao se mudar para West Egg no verão de 1922, Nick se torna amigo de Gatsby e começa a descobrir as obsessões e os segredos por traz de sua fortuna e status.

Não foi a toa que os editores da Modern Library elegeram O Grande Gatsby como o segundo melhor livro do século XX. A obra-prima de Fitzgerald trás consigo uma bela crítica ao sonho americano, aos excessos da elite da Era do Jazz, seu materialismo e decadência moral. É uma tragédia clássica e bem escrita; é leve ao mesmo tempo que é sofisticada.

“Gatsby acreditara na luzinha verde, naquele futuro orgiástico que ano após ano se afasta de nós. O futuro já nos iludiu tantas vezes, mas não importa… Amanhã correremos mais depressa e esticaremos nossos braços um pouco mais além até que, em uma bela manhã… E assim nós prosseguimos, barcos contra a corrente, empurrados incessantemente de volta ao passado.”

Tradição das Loucas

Com mais de 35 anos de tradição, o Carnaval das Loucas é o evento mais divertido e descontraído do CarnaSat. A foto antiga acima retrata o “Bloco dos Divinos e Maravilhosas”, destaque do Carnaval de 1979. Todos entraram na brincadeira: tanto os meninos viraram loucas “maravilhosas” como as meninas se tornaram “divinos” cavalheiros.

A tradição perdura até hoje com muita força e glamour. Atualmente, as loucas do Satélite desfilam para concorrer ao prêmio de louca mais louca do ano e terminam o evento com uma partida no campo de futebol. Ainda trajados com os modelitos do desfile, é claro.

“Vamos sandubar?”

Termina, neste domingo, a 4ª edição do Sanduweek, festival dedicado ao sanduíche, o “prato que agrada a todos”. Com mais de 40 casas participantes, o evento procura cativar os paulistanos com receitas originais e opções mais em conta.

São bares, restaurantes, hamburguerias, entre outros estabelecimentos gastronômicos que, com muita criatividade, bolaram dois tipos de sandubas: um da categoria “Street Food” e outro da “freestyle”. A primeira categoria reúne lanches especiais vendidos ao preço fixo de 15 reais. Já os freestyles são maiores e mais incrementados; os preços variam e podem chegar a 46 reais.

O evento ainda conta com o Electrolux Sanduweek Class: aulas práticas ministradas por Cláudio Baran, com degustação de dois tipos de sanduíches. Elas acontecem hoje (6) e amanhã (7), com ingressos vendidos a 60 reais.

  • Curso: Electrolux Sandweek Class
  • Datas e horários: sexta-feira (6/3), das 19h30 às 22h; sábado (7/3), das 12h às 15h
  • Endereço: Rua Colômbia, 157 – Jardim América, São Paulo-SP
  • Ingressos: http://foodpass.com.br

Loucas pra Casar (2015)

O primeiro filme nacional do ano foi um sucesso de bilheterias. Com um público de mais de 600 mil expectadores, Loucas pra Casar foi o longa mais assistido entre os dias 8 e 11 de janeiro, deixando pra trás o vencedor de três estatuetas do Oscar, Whiplash – Em Busca da Perfeição, que também teve sua estreia nas telonas brasileiras no mesmo fim de semana.

O filme conta a história de Malu (Ingrid Guimarães), uma corretora de imóveis de 40 anos com um desejo ENORME de se casar. Após três anos namorando seu chefe Samuel (Márcio Garcia), Malu descobre que seu homem ideal mantém relações amorosas com mais duas mulheres: a dançarina de boate Lúcia (Suzana Pires) e a religiosa Maria (Tatá Werneck).

De um jeito leve e divertido, Loucas pra Casar envolve o expectador com indagações clássicas da mulher moderna, seus desejos e expectativas do mundo. Confira a mais nova comédia de Roberto Santucci e garanta boas risadas.

buque