Caldas novas ou Rio quente? Na dúvida visite as duas

O fim do inverno se aproxima mas ainda encontramos baixas temperaturas em boa parte do Brasil. Os destinos clássicos de outono e inverno ainda estão abarrotados de turistas, mas alguns lugares bacanas que oferecem clima agradável a esta época do ano oferecem muitas atividades. A dica de viagem desta edição é conhecer as cidades de Caldas Novas e Rio Quente, ambas localizadas no estado de Goiás, a cerca de 170 km da capital, Goiânia.

Essas cidades oferecem ao visitante experiências hidrotermais, que nada mais são do que fontes de água quente que brotam do chão, o que atrai diversos turistas em busca da agradável sensação de poder mergulhar em águas com temperaturas que variam entre 20 ºC e 60 ºC. Para se ter um comparativo, a água dos chuveiros elétricos que são instalados nas residências chegam a 50 ºC.

Caldas Novas é a cidade com maior número de fontes hidrotermais do Brasil. Por lá o visitante encontra parques e hospedagem para todos os gostos e bolsos, além de variada oferta de restaurantes, bares e alguns outros pontos de visitação que valem a pena conhecer, como o Casarão dos Gonzaga, que foi a casa do primeiro prefeito de Caldas Novas. Atualmente a construção abriga um museu e o centro de apoio ao artesão da cidade. Além do Casarão, Caldas Novas oferece também uma lago de águas frias, o Lago Corumbá. No verão é muito frequentado por moradores e visitantes devido as altas temperaturas do calor do cerrado.

Na cidade de Rio Quente o visitante também encontra atividades compatíveis e com ótimos preços, além de variadas opções hoteleiras para todos os bolsos. O atrativo principal dessa cidade é o famoso Resort de mesmo nome.

A sugestão de roteiro é conhecer as duas cidades, começando o passeio por Rio Quente para curtir o resort e dar uma esticada para Caldas novas. Para conhecer, descansar e curtir bem os dois destinos, indica-se 5 dias.

Anúncios

Visite Brasília e se encante pela capital do Brasil!

Nem só de politica se vive em Brasília! A capital federativa do Brasil oferece muitos passeios bacanas e lugares incríveis para se conhecer. A arquitetura clássica de Oscar Niemeyer presente em boa parte das construções é um dos principais destaques de Brasília, além dos belíssimos parques espalhados por toda a caapital.

Brasília foi a primeira capital planejada do país. Sua extensão territorial foi pensada e dividida com a mesma logística utilizada em aviões, por este motivo desenvolvidas é separada em setores, diferente do que encontramos no restante do Brasil.

Brasília é um daqueles lugares que devemos visitar ao menos uma vez na vida, mas alguns pontos são paradas obrigatória para os viajantes. Um desses lugares incríveis é a torre de TV Brasília, que oferece ao visitante a oportunidade de observar a 75 metros de altura toda a região central, um visual incrível e que lhe renderá belíssimas fotos.

Outro ponto imperdível é conhecido como Pontão do Lago Azul, por lá pode se avistar um dos mais belos pôr do sol de toda a capital e a facilidade de encontrar num único local, o principal centro de lazer e entretenimento com ampla oferta de gastronomia variada e extensa programação de atividades.

Os prédios governamentais de Brasília fecham o roteiro e permitem conhecer um pouco mais sobre o estilo arquitetônico de Oscar Niemeyer, arquiteto e projetista que elaborou grande parte das construções arquitetônicas encontradas por lá. Os principais pontos são o Congresso Nacional, Palácio do Planalto, Palácio do Itamaraty, a Catedral Metropolitana e o Templo da Boa Vontade. Todos oferecem visitas guiadas para conhecer a parte interna das construções e o funcionamento de cada órgão publico que ali funciona.

Aproveite o restinho das férias e curta dias agradáveis em Brasília.

Fuja do frio do sudeste, bóra para Salvador, meu rei!

Se você é daquelas pessoas que dispensam o friozinho do inverno, Salvador é o lugar ideal para você curtir as férias ou mesmo aqueles dias de folga tão merecidos.

A capital do estado da Bahia consegue ajudar a contar parte da história do nosso país por meio da linda arquitetura colonial presente por toda a cidade e que foram construídas durante o período colonial, época em que Salvador foi escolhida como a capital do Brasil.

Não distante das belezas culturais, Salvador ainda foi contemplada com belezas naturais de botar qualquer destino paradisíaco gringo no chinelo, pois oferece ao turista além das lindas praias, rios, grutas, ilhas e paisagens de tirar o fôlego.

As praias clássicas da capital da alegria e que são paradas obrigatória para os visitantes são a Praia do Forte e suas lindas piscinas naturais durante a maré baixa, o Farol da Barra, um mix de cultura e natureza que enchem os olhos de quem os vê e a deslumbrante paisagem que a Baía de Todos os Santos proporciona.

Além dos destinos clássicos, em Salvador pode-se conhecer diversas ilhas com atividades que conectam e permitem ao turista conhecer a rotina do povo nativo da região e a relação com o mar. Se sua viagem for curtinha, a dica é conhecer a Ilha dos Frades, distante alguns quilômetros da costa, o acesso se dá por meio de escunas e catamarãs que partem da região central e navegam por parte da Baía de todos os Santos.

Na Ilha dos Frades se encontra águas calmas e cristalinas, barracas com comidas tradicionais baianas e muito sossego, lugar ideal para viajar a dois ou em família. Tudo muito simples, mas com muito capricho e cuidado dos moradores, é uma real imersão na vida simples dos moradores da ilha.

Charmes da Serra: Conheça a Encantadora Santo Antônio do Pinhal/SP

Para fechar a série Charmes da Serra, conheceremos um pouco mais sobre Santo Antônio do Pinhal/SP, cidade pequena em tamanho, mas gigante em charme, natureza exuberante, muitas opções gastronômicas e paisagens de tirar o fôlego.

Santo Antônio do Pinhal/SP está localizada em um dos pontos mais altos da Serra da Mantiqueira. Coladinha em Campos do Jordão/SP, oferece ambiente charmoso a seus visitantes e a tranquilidade que muitos procuram para curtir o melhor do frio da serra.

Santo Antônio do Pinhal/SP tem diversos hotéis, pousadas e chalés com o melhor do aconchego, café da manhã digno de rei e a cordialidade dos moradores da cidade, que tratam seus visitantes com tanto carinho, que é difícil dizer outros lugares no Brasil e até do mundo com um povo tão gentil e atencioso com seu povo quanto a pequena Santo Antônio do Pinhal/SP.

Além disso, SAP, como é apelidada pelos mais próximos, oferece muitas atividades ao ar livre e contemplação da natureza. Um dos pontos imperdíveis de lá é a Antiga estação Eugênio Lefréve, de onde parte o bondinho com destino a Campos do Jordão/SP e passando por Pindamonhangaba/SP, outras duas charmosas cidades da região. Pela estação também pode-se conhecer o Mirante de Nossa Senhora Auxiliadora, um ponto de observação da Serra da Mantiqueira e dos principais pontos de acesso à cidade e onde pode-se registrar lindas fotos.

Outro ponto indispensável é o lindo Jardim dos Pinhais Ecco Parque, um jardim temático que foi feito inspirado no Jardim Butchart Gardens, no Canadá. Por lá, o visitante conhece 8 jardins surreais, quase que tirados de um sonho de tão belos. Além do visual de tirar o fôlego, o Jardim dos Pinhais oferece charmoso restaurante, com vista privilegiada para a Serra da Mantiqueira, vinhos de ótima qualidade e comida excepcional, vale a visita.

O ponto alto da visita a Santo Antônio do Pinhal/SP fica por conta do seu mais famoso ponto de visitação: o Pico Agudo, formação rochosa a 1634 metros de altura. Lá do alto é possível observar todas as cidades do entorno, a linda Serra da Mantiqueira e as nuvens que parecem algodão flutuando no céu. Também é possível realizar voos de asa delta entre outras atividades de voo livre. A paisagem do alto do Pico Agudo é um show a parte, certamente vale a pena um esforcinho para chegar la no alto!

Não deixe de conhecer essa linda cidade, encantadora por natureza!

Charmes da serra: curta o friozinho de Monte Verde

Bem pertinho de São Paulo, na divisa com o estado de Minas Gerais, o distrito de Monte Verde é uma opção para curtir os dias mais frios do inverno. Pequena em tamanho, mas imensa em charme e com ótimas opções de gastronomia.

Monte Verde é um distrito da cidade de Camanducaia, no alto da Serra da Mantiqueira, região famosa por proporcionar aconchego aos visitantes devido as baixas temperaturas, além do clima de romance que desperta nos casais que passam por lá. Esta região é muito escolhida entre casais apaixonados para curtir o clima bucólico e tranquilo.

Um dos pontos de parada obrigatória em Monte Verde é a Pedra Redonda. Para desfrutar da melhor paisagem do distrito, é necessário realizar uma leve trilha de aproximadamente 30 minutos. O passeio pode ser realizado por crianças e idosos bem-dispostos sem dificuldade alguma, a vista vale o esforço!

Outro lugar incrível de Monte Verde é a Escola Mineira de Falcoaria. Por lá você pode conhecer bem de perto corujas, falcões e gaviões e até tirar foto com as aves. Lá você pode conhecer também a história dos animais e da atividade de falcoaria, que existe a mais de 4 mil anos pelo mundo.

Para os amantes de boas bebidas, há muitas cervejarias artesanais espalhadas por toda Monte Verde. Além das bebidas, não deixe de dar uma passadinha pelos empórios e casas de queijos para levar algumas delicias para casa, a dica para quem gosta de provar antes de levar é conhecer um lugar chamado Parada da Fonte. Todas as delicias da região podem ser adquiridas lá.

Há muitas pousadas charmosas espalhadas por toda a região de Monte Verde. A maioria oferece clima acolhedor e muito aconchego para seus hóspedes, além das imperdíveis delicias oferecidas no café da manhã.

Aproveite a temporada de inverno para curtir o friozinho com quem amamos e ainda conhecer lugares incríveis. Venha para Monte Verde!

Charmes da Serra: Conheça a simpática Resende

Pertinho de São Paulo, com fácil acesso pela rodovia Presidente Dutra, Resende está localizado no estado do Rio de Janeiro, bem próximo a divisa com o estado de São Paulo e Minas Gerais, no Vale do Paraíba. A região é famosa pelas lindas formações montanhosas, cachoeiras que formam rios de águas cristalinas, além da rica fauna e flora da região.

Além das belezas naturais, Resende oferece um rico patrimônio histórico, com construções do século XVIII e XIX. Além das lindas construções, Resende é famosa pelos hotéis fazenda, que aproveitaram muito dos casarões do período colonial. A maioria destes hotéis oferecem café da manhã no melhor do estilo colonial, com delicias inesquecíveis.

Uma das principais regiões para conhecer é o distrito de Engenheiro Passos, que oferece a qualidade dos serviços dos hotéis fazenda, a vida tranquila do campo e algumas cachoeiras e rios pelo caminho.

A região do centro da cidade é um charme a parte, por lá é possível conhecer a estação ferroviária, algumas igrejas e o Parque das águas, local onde pode-se realizar diversas atividades ao ar livre.

Outro lindo show da natureza, é o Pico das Agulhas Negras, localizado dentro do Parque Nacional do Itatiaia, o parque nacional mais antigo do Brasil. Neste parque é possível contemplar as cachoeiras, uma delas a cachoeira Véu da Noiva, e o Maciço das Prateleiras, outra improntante formação rochosa da região. A paisagem surreal da Serra da Mantiqueira marca presença em todo o passeio.

Aproveite esse clima de friozinho, traga a família e venha conhecer e se apaixonar por Resende!

Charmes da serra: os encantos de Petrópolis

O Brasil é mundialmente famoso por suas praias tropicais, corpos bronzeados e trajes de calor, mas existem ainda muitos lugares de temperatura amena e com rotina bucólica, mas não por isso menos charmosas. Hoje conheceremos um pouquinho sobre Petrópolis no estado do Rio de Janeiro.

Se engana quem pensa que o Estado do Rio de Janeiro só tem lindas praias a oferecer. A Cidade Imperial, como é amplamente divulgada, encantou até os imperadores do Brasil, Dom Pedro I e Dom Pedro II, que se apaixonaram pelo clima serrano característico da Serra da Estrela, região onde Petrópolis está instalada.

Petrópolis preserva até hoje muitas construções históricas que remetem o período imperial. Foi escolhida para a instalação do Palácio de Veraneio, espaço em que a corte passava os dias mais quentes do Rio de Janeiro, pois o clima era mais parecido com o vivido na Europa.

A cidade oferece o friozinho e charme do período imperial sem perder a qualidade e o conforto, para que os dias de curtir a preguiça em baixas temperaturas sejam inesquecíveis. Quando o corpo der aquela esquentada, não deixe de conhecer o Museu Imperial, antigo palácio de Veraneio durante o reino de Dom Pedro II. Luxuosa construção com um lindo jardim ao redor, hoje abre suas portas para contar a história do Brasil e entender como viviam os nobres deste período da história. Há ainda muitas outras opções de museus e casas de cultura para conhecer em Petrópolis, além de ótimas opções de restaurantes, bares, casas de chá, lindos hotéis e charmosas pousadas, impossível não se encantar.

Aproveite as baixas temperaturas do outono e inverno para conhecer Petrópolis!