O todo poderoso (2003)

Se você tivesse a oportunidade de ser Deus, o que você faria? Ajudaria a quem precisa ou pensaria apenas nos próprios problemas?

Com a maior bilheteria do ano de 2003, arrecadando R$ 484 milhões pelo mundo inteiro, o filme O todo poderoso tem como protagonistas os renomados atores Jim Carrey e Morgan Freeman, o que garante, com certeza, boas risadas. Além disso, recebeu 2 indicações ao MTV Movie Awards, nas seguintes categorias: Melhor Comediante (Jim Carrey) e Melhor Beijo (Jim Carrey e Jennifer Aniston).

No filme, Bruce Nolan (Carrey) é o repórter do jornal da sua cidade e tem a ambição de ser o âncora. Mas por considerá-lo muito engraçado para o cargo, o dono da emissora não permite. Frustrado, Bruce começa a questionar Deus e a ridicularizá-lo. Deus (Freeman), então, resolve aparecer para ele em forma humana e enquanto Ele tira férias, deixa todos os poderes divinos nas mãos de Bruce.

Sem experiência alguma no cargo, o repórter se atrapalha com os poderes, mesmo quando resolve, de início, usar todo esse poder para benefício próprio e tentar obter tudo o que ele sempre desejou. Entre uma trapalhada e outra, ele percebe o quanto é difícil a missão de ser onipresente, onisciente e onipotente.

O filme mescla o drama com humor, o que o torna leve e de fácil entendimento para todas as idades. Além disso, muitos dos comportamentos que o personagem tem é o comportamento das pessoas no cotidiano. Em 2007, foi lançada a sequência do filme, que leva como título “A volta do todo poderoso”, o qual o ator principal é Steve Carell, que também faz uma participação no primeiro filme como o âncora do jornal em que Bruce trabalha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s